Quando Buscar Ajuda Psicológica

 Em Luto

Pessoas que estão sofrendo, enfrentando dificuldade em alguma área da vida, às vezes, se sentem bloqueadas para solucionar os problemas. Estão tão fragilizadas emocionalmente, que buscam conforto em elementos que causam ainda mais prejuízos: alimentação exagerada, compras em excesso, consumo frequente de álcool e outras drogas, entre outros. Esse excesso é uma tentativa de esquecer ou anestesiar o que lhe causa dor.

QUANDO BUSCAR AJUDA PSICOLÓGICA?

Após a perda de uma pessoa amada, por exemplo, você sente culpa como se tivesse fracassado, sente dificuldade para se concentrar em atividades que antes realizava com tranquilidade, sente dificuldade em se relacionar novamente, sente dificuldade em lidar com as pessoas ao seu redor. O seu corpo dói, o cansaço e o isolamento se tornam presentes.
Essas manifestações são comuns, em um primeiro momento.  Porém, situações de risco podem comprometer o processo do luto:

  • Falta de apoio social;
  • Falta de espaço para expressar o luto;
  • Dificuldade prolongada de retomar as atividades diárias; 
  • Sofrimento intenso e sintomas físicos;
  • Dificuldade de relacionamentos;
  • Irritabilidade excessiva;
  • Sentimentos de culpa;
  • Pensamentos suicidas;
  • Pensamentos obsessivos;
  • Depressão;
  • Ansiedade;
  • Uso abusivo de álcool e outras drogas.

Ao identificar as situações descritas acima é importante procurar um profissional especializado, para avaliar a necessidade de ajuda e tratamento.
* As mortes violentas e repentinas, como: acidente, ataque cardíaco, homicídio, suicídio são as mais difíceis de lidar, o suporte adequado é fundamental.

COMO A PSICOTERAPIA INDIVIDUAL PODE AJUDAR?

Buscar ajuda em um momento delicado é um passo fundamental para sua saúde física e emocional. Durante o acompanhamento, o profissional te ajudará nas seguintes situações: informar, validar a expressão do pesar, compartilhar a dor, organização cognitiva em torno do estresse gerado pela perda, fortalecimento dos recursos de enfrentamento, oferecer base segura para o enfrentamento da perda, foco na narrativa e fortalecimento da autoestima, foco no enfrentamento do pesar e da adaptação à vida após a perda.


ACOMPANHE MAIS CONTEÚDOS NAS REDES SOCIAIS:

Deixe um comentário

FEMINICÍDIO - Cristiane AssumpçãoCris do Luto - Cristiane Assumpção