Conheça a Cristiane Assumpção

Meu nome é Cristiane Assumpção, nasci em Curitiba/PR, no encanto da primavera.

Quando eu era criança, adorava leitura em quadrinhos, os famosos gibis e também os livros, mergulhava nas leituras.

Na adolescência adorava jogar handebol, arrisquei algumas aulas de capoeira e pratiquei um período de karatê, mas a dança me envolvia.

Além da dança, eu também gostava de trabalhar, essas experiências me levaram a primeira graduação em Administração e a segunda em Psicologia.

Na sequência, a Especialização em Luto, me possibilitou acolher pessoas em diferentes tipos de perdas. Principalmente sobre o luto do homem, que foi tema do meu artigo. Após o atendimento de dezenas desses enlutados, identificamos vários lutos não vividos.

Diante de tanto sofrimento e da dificuldade das pessoas falarem sobre os seus lutos, em 2019 criei o Livro-caixinha Vida e Luto. Um recurso terapêutico com 50 cartas, cada uma com uma pergunta para criar um momento de reflexão sobre questões da nossa finitude. Em 2020 tivemos a segunda impressão das caixinhas e em 2021 a terceira impressão das caixinhas.

A minha formação e prática clínica, me habilitaram para fundar a INLUTO ACADEMY, com foco em educação continuada para psicólogas que atuam na área clínica. A escola capacita profissionais para atenderem pacientes em situações de luto.

A Formação em Intervenções Psicológicas Focadas no Luto é realizada através de três níveis: básico, intermediário e avançado.

Esse projeto foi sonhado desde 2017, quando senti na pele as dificuldades de estudar fora da minha cidade. Tanto pelo cansaço da viagem, (quando encarava doze horas na estrada de Curitiba para Porto Alegre), quanto pelo investimento de hospedagem, passagem e alimentação.

E eu pensava, se tivesse uma Formação em Luto on-line que eu confiasse. E principalmente, porque mesmo com a faculdade e com a especialização, essas formações não disponibilizaram todo o conhecimento necessário para atuar no atendimento clínico.

Por isso, esse projeto se tornou real, saiu do papel e do meu coração. Acreditem, estudar sobre o luto é um caminho sem volta! Muito Amor Envolvido.

Quando iniciei os meus estudos na temática do luto, fui muito criticada, com comentários do tipo “a estranha”, “que mórbido trabalhar com isso”. O que me causava muito estranhamento, uma vez que todas as pessoas tem suas histórias de perdas. E que o luto é sim, uma demanda real, normal e crescente.

Mas, como sempre, segui meu caminho, focada e fazendo o que eu acreditava. Em 2019, fiz um trabalho muito lindo como voluntária em uma Igreja na minha cidade.

E como Psicóloga, Especialista em Luto, participei de diversas palestras, entrevistas em rádio, o retorno foi tão positivo, que fui convidada para um quadro semanal, o qual chamei de “Quadro Saúde Emocional”, ficou no ar por um ano. Estive também em participações na TV, como o Programa Rede Vida e TV Evangelizar, além de jornais e revistas.

Mas também recebi muitos nãos! Nas diversas tentativas de trabalho, parceria, conteúdos informativos em jornais e revistas, grupos de suporte ao luto, nenhum desses tiveram interesse.

Com a pandemia, esse cenário mudou e os meus projetos chamaram a atenção de várias pessoas. Fui convidada para trabalhar em alguns lugares, mas recusei os convites e continuei trabalhando por conta própria.

Outra mudança que ocorreu, foi com relação aos meus atendimentos, eu realizava apenas consultas presencias. Devido a todas as restrições provocadas pela pandemia, iniciei os atendimentos on-line. Uma oportunidade de ajudar pessoas de outros lugares do Brasil e do exterior, como Portugal, Estados Unidos e Suíça.

Em paralelo ao atendimento clínico particular e os cursos de Formação da INLUTO, me dediquei ao Programa Eternize, um projeto de Psicoeducação do Luto, para todas as pessoas que perderam algo ou alguém especial, principalmente aquelas que não podem pagar por um suporte especializado.

Além da Oficina do Luto, que disponibiliza três encontros anuais: Dia das Mães, Dia Mundial em Memória das Vítimas de Acidentes de Trânsito e Festividades de Final de Ano.

O meu trabalho profissional, chama a atenção por ser específico na temática do luto. Em especial, por trabalhar com pessoas que vivem situações de luto por mortes violentas, como acidente, homicídio e suicídio.

A minha filosofia de vida é que podemos sim, viver a vida que tanto sonhamos e merecemos. Acredito também que o luto precisa ser vivido e não reprimido. Por isso, falar sobre a dor é um recurso transformador.

E por entender a importância das pessoas compreenderem e viverem o processo de luto, criei um e-book. O qual já ajudou centenas de enlutados.

O berço do meu trabalho é realizado através dos teóricos Bowlby, Worden e Neimeyer.  O ponto inicial do meu trabalho é conhecer a história de vida da pessoa, suas perdas, seus lutos. Dessa forma, consigo pensar no objetivo do processo psicoterapêutico.

Como eu amo estudar, me capacitar para melhorar os meus resultados pessoais e profissionais, iniciei em 2022 a Formação de Análise Corporal, pela escola O Corpo Explica.

Além disso, os meus talentos dominantes no teste CliftonStrengths são Foco, Excelência, Estudioso, Realização e Disciplina. Sou agilizada, gosto de fazer as coisas acontecerem, das coisas arrumadas, sou confiável, organizada e pontual (opa, as vezes, acabo atrasando entre um paciente e outro).

Amo de paixão o meu trabalho e sempre menciono que “Deus me dá os melhores pacientes do mundo, os mais especiais, que merecem o meu trabalho, atenção e dedicação”. 

Acredito nisso, então ofereço uma base segura para as pessoas que me procuram. Porque infelizmente, nos conhecemos no pior momento de suas vidas. (Quando menciono Deus, me refiro a espiritualidade e não religiosidade).

Sou espontânea, adoro chá, vinho, jägermeister e fazer bolos. Adoro os meus momentos de silêncio, meditar para começar o dia, leitura e trabalhar com a minha playlist que vai do lo-fi, clássicas, folk rock, rock, pop, louvor… (Já tive minha fase brega, mas já passou).

Amo cachorros, a Branquinha é o meu docinho. Amo olhar a calmaria do mar, caminhar com os pés na areia, sentir o sol e a boa energia. Apaixonada por filmes e séries épicas. Adoro suculentas, flores e o colorido da primavera me encanta.

Vale ressaltar, que não sou perfeita! Estou em constante evolução e isso é o mais incrível da vida. Acompanhada da minha fé inabalável, confiança e esperança!

E não menos importante, sim, eu acredito no Amor!

Acredito que “quando alguém ama de forma saudável e seus sentimentos são nobres, é possível que se apaixonar seja realmente algo maravilhoso e que o amor e o desejo caminhem juntos para sempre”.

Cristiane Assumpcao

CRISTIANE ASSUMPÇÃO E O LUTO

A Psicologia entrou na minha vida em meados de 2008, quando estudei essa matéria na minha primeira graduação: Administração. Logo depois de optar por finalizar o curso, segui com minha formação em Psicologia, que virou a história de amor da minha profissão.

Trabalhar especificamente com o luto, não foi algo que simplesmente acordei e disse quero atender pessoas em situações de luto.

Essa “decisão ou esse encontro”, foi resultado de uma série de experiências que tive ao longo da vida. Como a morte da minha irmã mais velha, em um acidente de carro. E principalmente, por todos os meus lutos, as minhas cicatrizes inimagináveis, os sins e os nãos que recebi. Todas essas vivências foram e são valiosas.

Quando passamos por algo realmente impactante, enxergamos a vida de outra maneira, nos questionamos sobre o que é a vida e como a estamos vivendo. Por este motivo, segui nos estudos do luto, porque a falta de acolhimento, um luto não vivido adequadamente, pode impactar em várias áreas da vida.

O luto é a maior dor que uma pessoa pode vivenciar, por isso todas as pessoas necessitam de respeito, acolhimento e suporte especializado.

Essa é a minha história: Da Dor a Transformação. 

    QUALIFICAÇÃO

⠀⠀Conferências, Congressos, Cursos, Jornadas, Palestras e Workshops que participei como ouvinte e convidada. Acesse a minha rede profissional:

  • O luto sem despedida em tempos de pandemia – Cemitério sem Mistério/Parque Renascer (Convidada)
  • Roda de Conversa: Luto – UniDomBosco/Turma Psicologia (Convidada)
  • LIVE – Luto por Covid-19 (Convidada)
  • Minicurso online: “FUNDAMENTOS DA TEORIA DO APEGO PARA A PRÁTICA DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE E EDUCAÇÃO” – 4 Estações Instituto de Psicologia
  • Entrevista sobre Inteligência Artificial e Luto – Gazeta do Povo (Convidada)
  • LIVE O luto e a vida financeira dos que ficam (Convidada)
  • Entrevista Sobre o Luto Programa Diálogo – Rádio Evangelizar (Convidada)
  • Entrevista REDEVIDA Falando Sobre o Luto (Convidada)
  • LIVE Luto o Processo e a Dor de Cada Um – Programa Sempre Mais Alto (Convidada)
marca-cristiane-assumpcao

HISTÓRIA DA MARCA

O símbolo retrata a junção das iniciais do meu nome Cristiane Assumpção, o C foi fechado em um círculo representando o Ciclo da Vida. Uma nova cor completa o circulo que significa a Continuidade, um Novo Olhar. E o mais importante, eu acredito nessa Reconstrução de Significados, como possibilidade de seguir em frente.

VEJA TAMBÉM

VEJA TAMBÉM